Alimentação

Espasmos rápidos nas pálpebras? Saiba como se livrar deles!

Esta não vai ser a primeira, muito menos a última vez, em que você me ouvirá falando sobre a importância em prestar bastante atenção aos sinais que o seu corpo dá.

Sempre que você estiver preocupado com algum problema de saúde ao ponto disso tirar o seu sono ou alterar a sua rotina, você deve procurar um médico para conversar sobre isso. Muito frequentemente, o seu corpo está tentado te dizer alguma coisa.

Um destes sinais que incomodam, mas poucas vezes servem de alerta, pois as pessoas tendem a achar que é algo natural, sãos os espasmos persistentes nas pálpebras.  Estes movimentos involuntários estão te alertando que o seu corpo precisa de mais potássio.

Isso pode ser resultado do baixo consumo de frutas e vegetais. Você pode não estar consumindo a quantidade que deveria, afinal, estas são as melhores fontes de potássio para o seu organismo.

Sendo assim, você vai precisar fazer certos ajustes na sua alimentação. Inicialmente, há uma atitude simples que você pode tomar para parar com os espasmos de pálpebra. Basta procurar em uma loja de produtos naturais, ou mesmo no supermercado, um sal que seja 100% cloreto de potássio (e não cloreto de sódio) e substitua o seu sal normal por este. Mas tome bastante cuidado, pois o sal 100% cloreto de potássio é mais forte e mais picante do que o sal comum que utilizamos em nosso dia a dia.

Outra opção, caso não queira mudar o sal com o qual você cozinha, é dissolver ¼ de colher de chá de cloreto de potássio na água e tomá-lo uma vez ao dia. Assim que tiver os seus espasmos da pálpebra controlados, mantenha uma alimentação com vegetais e frutas para evitar que isso volte.

E lembre-se mais uma vez: quando o seu corpo está se manifestando, falando, tenha a certeza de ouví-lo.

 

Referências Bibliográficas

– Prevenção: A medicina do século XXI – Dr. Wilson Rondó Jr

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER