Saúde

Doença Misteriosa: Quando Nenhum Médico Descobre o que Você Tem

Essa doença misteriosa é algo epidêmico, atingindo a todos, e os experts não estão falando nada! Eles não fazem aqueles avisos de cuidado, sabe por quê? Porque os sintomas não são comuns como os que eles conhecem, não passa de pessoa para pessoa e não chama a atenção de ninguém.

Em alguns casos, se manifesta como uma doença física, com dor e fadiga, e em outros são sintomas de alteração de humor, irritabilidade, depressão ou perda de memória.

O que torna esta doença um mistério é que ela mimetiza uma variedade imensa de manifestações que confunde a todos, tão bem que o seu médico tenderá a fazer um diagnóstico errado.

Quando você faz o diagnóstico errado, certamente faz o tratamento errado, e com isso você não vai melhorar. Vai só piorar!

Se você tem sintomas inexplicáveis e visita médico atrás de médico, especialista atrás de especialista… E continua piorando, apesar de ser bem investigado… Se fica frustrado com os tratamentos, obviamente porque a doença que estão tratando NÃO é o que você tem…

Mas há boas notícias…

Na verdade, os seus especialistas não vão aceitar, pois estão procurando no lugar errado…

O que você tem é um veneno!

Essa doença misteriosa, na verdade, é o Mercúrio, um dos mais tóxicos metais pesados do planeta. Ele vai se acumulando insidiosamente pela água, alimento, e mesmo pelos seus dentes.

Você precisa evitar as fontes mais importantes dele, como:

Frutos do mar

Ama peixe? Então certamente está contaminado com mercúrio. Em um estudo, 84% das amostras de peixe foram positivas para mercúrio. Altos níveis de mercúrio estão presentes em atum e cavalinha, mas na verdade todo peixe atualmente pode estar contaminado com mercúrio.

Dentes

Se você tem amálgamas prateados, você tem mercúrio na boca. Com o passar do tempo, haverá uma lenta liberação de mercúrio das amálgamas.

Você deve retirar essas obturações, mas não o faça sem a orientação de detox do seu médico e do seu dentista… Pois as consequências podem ser desastrosas, e até irreversíveis.

Lâmpadas fluorescentes

Imagine essas lâmpadas, quantas horas por dia na sua cabeça? Felizmente já estão sendo proibidas.

Água

Pois é, a água da sua torneira está cheia de bioprodutos de mercúrio, cuja regulamentação em relação só começou em 1990. Então estávamos bebendo e cozinhando com água contaminada por mercúrio há anos. Procure instalar um filtro de osmose reversa o quanto antes, pois ele pode remover até 98% do mercúrio!

Vacinas

A maioria das vacinas contém mercúrio, que é pouco, mas é mais um fator que soma nesse montante tóxico, sem dizer que muitas das vacinas não têm sentido algum.

Cosméticos

Supostamente, tem só um pouco, mas acaba-se somando e esse total excessivo.

Com isso, ocorre um acúmulo de exposição, lento, insidioso, levando décadas para chegar num nível tóxico. Mas quando chega…

Você está com essa doença misteriosa!

E os sintomas podem ser físicos, mentais ou ambos, o que causa o diagnóstico errado dos médicos. Veja algumas condições de contaminação que podem ser causadas por mercúrio e mascarada como:

  • Mal de Parkinson
  • Esclerose múltipla
  • Paralisia cerebral
  • Fibromialgia
  • Tremores
  • Distúrbios estomacais
  • Problemas respiratórios
  • Perda de visão
  • Perda de audição
  • Doenças de pele
  • Doença de Alzheimer
  • Demência
  • Distúrbio do sono
  • Depressão
  • Fadiga
  • Irritabilidade
  • Dores de cabeça
  • Mudanças de humor
  • Dor muscular e fraqueza
  • Encefalopatia metabólica

Alguns terão só algum sintoma, outros terão vários… E você pode ir a um bom medico, mas ele não vai pensar nisso, nunca!

Testes para mercúrio são difíceis, como:

  • teste sanguíneo
  • coleta de urina 24 h
  • exame de fezes
  • teste de pele
  • análise do seu cabelo

Se for detectado esse tipo de contaminação, a solução é uma terapia de desintoxicação de metais tóxicos. Ela é básica para remover esse mercúrio e trazer de volta a sua Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • American Journal of Psychotherapy, October 1989;18(4):575-587
  • Trace Elements in Medicine, 1991;8(4):208.
  • The Lancet, May 4, 1991;337:1103
  • Circulation, February 1, 1995;91(3):645-655
  • Neurotoxicol Teratol, 2012 Sep; 34(5): 513–521
  • Time, October 4, 2016
  • The Free Man’s Declaration for Health and Longevity. William Campbell Douglas.
  • Environmental Science & Technology , September 22, 2016
  • ToxicTeeth.org, Mercury Fillings
  • Livro Prevenção: A medicina do século XXI. Editora Gaia
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER