Alimentação

Descubra como o consumo de carne e bebida pode ser mais saudável

Talvez você ainda não saiba, mas o cozimento de alimentos é capaz de aumentar o nível de aminas heterocíclicas (AH), um composto químico que pode causar o aparecimento de tumores cancerígenos.

No entanto, fritar e grelhar a carne também pode ser particularmente perigoso, porque o aquecimento intenso transforma os açúcares e aminoácidos nesse composto.

Acontece, porém, que os cientistas têm mostrado que há um crescente aumento de evidências que comprovam que essas aminas heterocíclicas em carne cozida podem ser reduzidas através de um tratamento prévio dessa carne.

Veja só! O bife marinado em cerveja ou vinho antes do cozimento reduz dramaticamente o nível dos compostos químicos causadores de câncer. Para isso, a cerveja é ainda mais efetiva que o vinho.

Deixando a carne marinar em vinho tinto ou cerveja por 6 horas antes do processo de fritura pode reduzir o nível de dois tipos de AH em 90%.  A cerveja foi eficiente também na redução de um terceiro tipo de AH, cortando níveis significativos em somente 4 horas. Pesquisas preliminares têm demonstrado também que o marinado de vinho tinto tem efeito similar em AH de frango frito.

Um molho feito com óleo de oliva, sumo de limão e alho pode ajudar a diminuir os níveis de AH no frango grelhado em mais de 90%.

Cozinhar carne em baixa temperatura e por pouco período de tempo também previne a formação de AH.

Estes são benefícios bem documentados de que certo tipo de álcool, como vinho tinto, por exemplo, possuem poderosos polifenóis – como o resveratrol – que são antioxidantes, prolongam a vida, previnem a Doença de Alzheimer e inibem a proliferação do câncer. Além do que, o álcool parece aumentar significativamente a absorção no seu corpo.

 

O risco para a saúde da carne cozida

Em um passado recente existia um consenso geral em relação ao cozimento da carne para se evitar qualquer problema de saúde, pois convivíamos com animais não saudáveis. Porém, atualmente a carne tem uma origem mais saudável e controlada, onde os riscos de se consumir uma carne não tão cozida diminuíram significativamente.

Aliás, hoje entendemos que para se consumir uma carne segura e saudável ela deve ser levemente cozida. E isso se deve por duas razões:

1) Carnes de animais criados ao sol, são ricos em biofótons, que contém bioinformações que controlam processos vitais complexos do seu corpo. Os biofótons têm o poder de elevar o seu corpo físico para altas oscilações, o que gera uma sensação de vitalidade e bem-estar. O cozimento por sua vez destrói esses importantes biofótons.

2) Sempre que cozinhamos em altas temperaturas, independente de ser grelhado ou frito, são criados químicos tóxicos, como:

a)    aminas heterocíclicas: formam-se quando o alimento é cozido em alta temperatura, e estão ligadas ao aparecimento do câncer. Em termos de AH, a parte mais escura do cozimento deve ser evitado;

b)    hidrocarbonos aromáticos policíclicos: formam-se quando gotas de gorduras pingam na fonte de aquecimento causando um excesso de fumaça que envolve o alimento podendo transferir essas substâncias nocivas para a carne.

c)    produtos finais de glicação: quando o alimento é preparado em altas temperaturas há um aumento da formação desses produtos. Quando consome esse alimento, você transfere esses produtos para o seu corpo causando estresse oxidativo, inflamação, e aumento do risco de doença cardíaca e doença renal.

 

Os estudos que mostram que carne vermelha não é saudável apontam para o fato de que a maioria das pessoas consome essa proteína animal COZIDA, ou pior ainda, grelhada, criando todos os tipos de substâncias mencionadas acima.

Aliás:

1) Em um estudo pesquisadores observaram que quem come carne bem passada tem três vezes mais chances de desenvolver câncer de estômago se comparado com quem consome carne mal passada.

2) Outro estudo mostra que há aumento de risco de câncer de mama, câncer coloretal e pancreático nos indivíduos que consomem carne bem passada e frita.

3) Outra análise mostra que consumo de carne excessivamente passada em altas temperaturas causa câncer de próstata em ratos!

 

Quer consumir carne tranquilamente? Então veja os conselhos que preparei para você!

– A carne é parte importante, e muito saudável, para a maioria das pessoas, desde que seja proveniente de animais criados no pasto e que não contenham preservativos ou nitritos.

– Consuma carne mal passada ou limite a quantidade de alimentos grelhados;

– Lembre-se de usar um marinado com suco de limão ou vinagre, ou então, prepare a carne com cerveja ou vinho tinto.

– E lembre-se sempre de acompanhar essa carne com uma taça de vinho de boa qualidade. Estudos recentes mostram que quem consome até duas taças de vinho ao dia tem uma redução de pelo menos 70% do risco cardiovascular em comparação a quem não toma.

Seguindo essas dicas sua alimentação ficará ainda mais saborosa e com certeza muito mais saudável!

Super Saúde!!!

 

Referências bibliográficas:

– Journal of Agricultural and Food Chemistry.  2008, 56(22), pp 10625-10632

– New Scientist.  Dec 30, 2008

–  Sinal Verde para a Carne Vermelha.  Wilson Rondó Jr. 2011

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER