Atividade Física, Saúde

Como ter o “Barato do Corredor” (Sem Treinar!)

Eu sempre ouço das mulheres que passam pela menopausa que elas sentem, além dos sintomas físicos – ondas de calor, etc. – uma sensação de depressão. Muitas até se tornam extremamente agressivas e irritadiças.

Nós sabemos que aumentar o nível de endorfinas no seu corpo é uma das melhores maneiras de combater essas sensações.

Basicamente, as endorfinas são o ópio do próprio corpo, afetando o humor e a atitude. O ópio, na verdade, é uma molécula natural que imita – frequentemente, de uma forma poderosa – o que as nossas próprias endorfinas secretadas internamente fazem para melhorar o humor e a atitude.

Sempre se pensou que as endorfinas eram responsáveis pela sensação de bem-estar generalizado do corredor que muitos atletas sentem. Mas ninguém tinha comprovado isso até então.
Recentemente, os pesquisadores alemães escanearam dez cérebros de atletas antes e depois de uma corrida de duas horas.

De acordo com um dos pesquisadores,

“Nós conseguimos avaliar pela primeira vez a sensação prazerosa do corredor e identificar as áreas afetadas no cérebro. É interessante ver que as áreas afetadas eram preferencialmente localizadas nas regiões prefrontais e límbicas do cérebro, conhecidas por desempenharem um papel chave no processo emotivo.

Além disto, observamos um aumento significante nas avaliações de euforia e felicidade, comparando-as àquelas de antes do exercício.”

Felizmente, há uma maneira mais simples de aumentar o seu nível de endorfinas e obter os benefícios de melhora de humor, sem necessitar correr por horas seguidas.

Mais recentemente ainda, um outro grupo de pesquisadores descobriram que a testosterona também aumenta o nível de endorfinas que melhoram o humor.

Em um artigo intitulado, “Terapia de reposição de testosterona no climatério: benefícios além da sexualidade” eles concluíram:

“O tratamento com testosterona tem um efeito aumentador não somente na sexualidade humana, mas também na sensação de bem-estar, um efeito estimulatório conferido pelo aumento de beta-endorfinas.”

Isso só vem comprovar mais ainda a importância da testosterona como parte da terapia de reposição hormonal para as mulheres, não somente pelos seus efeitos de aumento de libido e sexualidade, mas também porque ela – junto com o estrógeno – pode melhorar o humor e atitude da mulher ao aumentar a sua produção interna de endorfinas.

Esta é uma boa razão para as mulheres certificarem-se de que o seu nível de testosterona está ideal. (Outra razão é o papel da testosterona na manutenção da força e da massa muscular).

Se o seu nível de testosterona não foi medido recentemente, converse com o seu médico para checá-lo. Isso certamente vai garantir mais qualidade de vida e uma supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Arch Intern Med. 2008 Aug 11;168(15):1638-46.
  • Scientific American May 2008
  • The Free Man’s Declaration for Health and Longevity. William Campbell Douglas.
  • Arch Intern Med. 2008 Jul 14;168(13):1441-9
  • Ther Adv Endocrinol Metab. 2010 Aug; 1(4): 155–164.
  • JAMA Internal Medicine February 29, 2016
  • Scientific American January 2017
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER