Especiais

Como Remover Água do seu Ouvido

Certamente você já passou por este inconveniente que é a sensação da presença de água incomodando seu canal auditivo, especialmente se você estava nadando em piscina ou no mar, praticando qualquer outro esporte aquático, ou simplesmente na banheira.

E isso ninguém gosta, pois nos deixa numa condição de desconforto intenso. Nesses casos, precisamos agir corretamente e com segurança, sem fazer mais danos ao seu ouvido e tímpano.

A água causa uma sensação de coceira e pressão do seu ouvido, na direção do seu maxilar e garganta, e a audição pode ficar abafada.

Ouvido do nadador

Em casos mais graves, pode levar à febre e dor no rosto, pescoço ou lado da cabeça.

Trata-se do ouvido do nadador, que é o tipo mais comum de infecção do ouvido em adultos e não deve ser confundida com a otite média, o tipo comum de infecção no ouvido infantil.

Pode apresentar dor e inflamação, quando o problema é causado por água contaminada em piscinas, banheiras de hidromassagem, parques aquáticos, fontes, lagos, rios ou oceanos

Mas além da água, há outros problemas que podem piorar o quadro, como usar qualquer instrumento com o intuito de melhorar a drenagem ou remover a cera. Eles podem agravar o problema ou induzir bactérias que podem causar infecção.

Segundo os Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC), os germes podem ser espalhar com muita facilidade contaminando piscinas, banheiras de hidromassagem, parques aquáticos, lagos, rios ou oceanos.

Mais especificamente:

“As infecções do ouvido podem ser causadas por deixar água contaminada no ouvido após a natação. Esta infecção, conhecida como ‘ouvido de nadador’ ou ‘otite externa’ não é a mesma que a infecção comum do ouvido médio na infância. A infecção ocorre no canal auditivo externo e pode causar dor e desconforto para nadadores de todas as idades”.

Caso não se resolva espontaneamente, veja as opções adequadas para remover a água dos ouvidos
Nunca use uma tampa de caneta, cotonete, grampo, agulhas de crochê ou até mesmo seus dedos em seus ouvidos, em um esforço para extrair a água, pois pode perfurar seu tímpano ou causar uma infecção.

1) Deixe a água drenar por conta própria. Basta puxar ou agitar o lóbulo da orelha para mudar a configuração do conduto auditivo, ao inclinar a cabeça em direção ao seu ombro.

2) Crie um vácuo inclinando a cabeça para o lado e, pressione a palma da mão firmemente sobre a orelha e afaste-a novamente várias vezes. Essa medida cria uma sucção e pode ajudar a remover a água.

Se você apresenta uma infecção no ouvido, tímpano perfurado ou drenos nos seus ouvidos (ou os da sua criança), as opções envolvendo gotas não são recomendadas.

3) Associe 1 medida de álcool para 1 medida de vinagre de maçã em um conta-gotas estéril. Coloque três a quatro gotas no ouvido, com a cabeça inclinada para o lado para deixar a solução funcionar por alguns minutos, depois drenar. Essa associação para pingar no ouvido pode ter o efeito combinado de ajudar na evaporação da água enquanto evita o crescimento bacteriano. O vinagre de maçã tem poderoso efeito antibacteriano, antiviral e antisséptico, e contribui para o processo de cura, eliminando inflamações e infecções, além de eliminar a dor. Para saber mais sobre o vinagre de maçã, baixe gratuitamente meu e-book Vinagre de Maçã: o Líquido Dourado.

4) Associe 1 medida de água mineral para 1 medida de peróxido de hidrogênio em um conta-gotas estéril. Isso pode ajudar a suavizar a cera e permitir que a água retida escorra do ouvido. Você poderá sentir um barulho de algo parecendo “efervescente”, até uma coceira profunda dentro de seu ouvido. Incline a cabeça para o lado, use três ou quatro gotas da solução e deixe-a agir por alguns minutos antes de drenar. Essa e outras dicas sobre o uso da água oxigenada você encontra neste artigo especial.

Prevenção

É aconselhável às pessoas envolvidas em esportes aquáticos (ou na água com frequência por qualquer outro motivo) usar tampões para os ouvidos.

Deve-se fazer atenção ao risco de infecção, especialmente se a atividade aquática é de água de um lago ou rio sujeito

à poluição.

Nos indivíduos com eczema, psoríase ou uma doença crônica da pele, o cuidado deve ser maior ainda.

O ouvido do nadador é uma experiência das mais comuns entre nadadores, que pode durar até três semanas.

Se o problema persistir, é aconselhável procurar um médico.

Referências bibliográficas:

  • Medical News Today February 1, 2017
  • Livestrong April 13, 2015
  • American Academy of Otolaryngology – Head and Neck Surgery 2017
  • Medical News Today February 1, 2017
  • CDC May 4, 2016
  • Medical News Today January 17, 2017
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER