Alimentação

Colesterol: Porque Você Não Pode Viver sem Ele

O colesterol é tão importante que cada célula do corpo humano pode produzi-lo. E o órgão de maior concentração dele é o seu cérebro. Mas em se tratando de produzir colesterol, o seu fígado é a “fábrica” principal.

Na verdade, o seu fígado produz a maioria do colesterol que é detectado pelo exame de sangue. É por isso que mudar a sua dieta causa quase nenhuma mudança na sua contagem.

O seu fígado produz mais colesterol para compensar o que você não consegue com a dieta. Quando as pessoas tentam restringir a dieta, só um pequeno número delas, chamados de “alta resposta”, pode reduzir o seu colesterol em cerca de 10%.

O restante de nós pode suspender totalmente gordura saturada e cortar calorias como malucos, mas só conseguirão 5 a 6% de queda de colesterol. Isso é porque o corpo precisa de colesterol e o seu fígado briga quando você tenta retirá-lo. Todas as dietas só conseguem torná-lo deficiente em um nutriente que você precisa.

Na verdade, estudo após estudo prova que colesterol elevado é associado com viver mais. Exatamente! Você viverá mais se tem colesterol elevado. Os médicos estão dizendo que nós devemos ter o nosso colesterol abaixo de 190. Esse conselho é absolutamente preocupante…

Agora, veja:

Segundo estudo, o número de mortes por todas as causas – não só doença cardíaca – é menor entre idosos que tem colesterol elevado. E isso não é só em idosos.

Entre as pessoas de todas as idades, o colesterol baixo é ligado a alto risco de morte por doença gastrointestinal e respiratória. Essa descoberta ficou evidente em 19 estudos, envolvendo 68.000 pessoas.

Outra equipe de pesquisa acompanhou 100.000 pessoas saudáveis por 15 anos. Eles descobriram que os indivíduos com colesterol baixo foram mais propensos a terem infecções sérias, do tipo que causam hospitalização.

Colesterol baixo é uma garantia de morte

Um estudo publicado na European Heart Journal confirma que colesterol baixo é perigoso para sua saúde. Examinando 11.500 pacientes, eles observaram que as pessoas com nível total abaixo de 160 eram 2 vezes mais propensos a morrerem do que os que tinham o colesterol alto.

E aqui algo bem interessante: o número de mortes por doença cardíaca era o mesmo nos 2 grupos, mas o grupo de colesterol baixo teve mais câncer. A comunidade médica sabe há anos que o colesterol baixo está correlacionado com câncer.

Um grande estudo francês de 1980 revela que a taxa de incidência de câncer aumenta de forma constante conforme o colesterol cai a níveis abaixo de 200. Mas isso é exatamente a faixa que os especialistas em coração nos dizem que temos que ter como meta!

Antes de 1987, o National Cancer Institute estava intrigado com um grande estudo com 1488 homens e mulheres, aonde se encontrou que homens com a menor taxa de colesterol tiveram o dobro de câncer comparados aos com níveis altos. O artigo foi publicado no Lancet. Porém, as pesquisas cardíacas ignoraram essa evidência.

Reduza seu colesterol, morra mais rápido

Num estudo com 13.000 homens de mais idade, sendo que metade deles fumavam e tinham hipertensão arterial, eles comeram MAIS colesterol (tradução: produtos animais) do que a média da população americana.

Pelos 7 anos seguintes, metade dos homens puderam fazer o que quisessem. Comer, beber, e se casar!

O outro grupo teve como objetivo uma dieta rígida e outros hábitos. Esses homens tinham praticamente um médico o tempo todo por estes 7 anos dizendo: não coma carne vermelha e ovos!

E o que esses pobres coitados ganharam por pararem com tudo que eles gostavam? NADA. Não houve nenhuma diferença estatística entre os 2 grupos em relação ao numero de mortes.

Na verdade, morreu-se um pouco mais no grupo dos bons meninos. Mas isso realmente vai tocá-lo: não havia quase nenhuma diferença no colesterol em ambos os grupos.

Cortar carne vermelha, ovos e laticínios resultou em mais mortes, e não menos. Isso mostra o erro de interpretação.

Qual é o nível normal?

O nível normal deve ficar entre 200 e 240. Abaixo de 200 é perigoso.

Você conhece alguém que tem níveis abaixo de 200 e não toma estatinas?
Tenho certeza que não. Colesterol abaixo desses níveis não é normal.

Se você conhece alguém com níveis abaixo de 200 sem medicação, por favor peça que procure um médico o quanto antes.

Alguma coisa não está certa!

Referências bibliográficas:

  • Annals of Internal Medicine. 1998;128(6):478-487
  • The Journal of the American Medical Association. 1997;278:313-321
  • Annals of Internal Medicine. October 3, 2006; 145(7): 520-530
  • BMJ. 2013;346:e8707
  • Arteriosclerosis, Thrombosis, and Vascular Biology. June 30, 2008
  • J. of the Am College of Cardiology. July 31, 2007; 50:409-418
  • Neurology Today. 2007. 7(15), 27-28
  • Science Daily. April 12, 2016
  • Annals of Internal Medicine, 2013. 158(7), 526
  • Scientific American Mind, 2016. 27(4), 72-72
  • ScandCardiovasc J. Dec 2013;47(6):377-82
  • Side Effects of Cholesterol-Lowering Statin Drugs. (2016). WebMD.
  • Scientific American. April 19, 2017
  • Journal of Lipid Research. Retrieved 17 July 2016
  • O Estado de São Paulo. 12/08/17. A13
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER