Saiba quais são os 7 mitos mais comuns relacionados às dietas de alta proteína

Quero iniciar essa nossa conversa dizendo a você que eu tenho usado dietas de pouco carboidrato e muita proteína e gordura e que tenho alcançado efeitos muito bons, especialmente nas condições pioradas, tais como a diabete, fadiga crônica, fibromialgia e as doenças cardíacas, todas ligadas à ingestão de carboidratos.Fiz questão de começar comentando isso com você, pois infelizmente, alguns peritos ainda acreditam que o consumo excessivo de proteínas, especialmente a animal, pode resultar em doenças cardíacas, derrames, osteoporose, câncer e pedra nos rins.

Conheça o grande engano relacionado às calorias

Todas as vezes que falamos em regime, eles quase sempre são baseados em programas hipocalóricos. Raras são as ocasiões em que isso não ocorre. Além disso, quando observamos os obesos percebemos que eles têm uma preocupação enorme em contar calorias. Mas daí eu te pergunto: será que essa é mesmo a solução? Posso dizer a você que certamente não é.O ato de “contar calorias” surgiu há aproximadamente 50 anos, quando dois médicos americanos da Universidade de Michigan, os doutores Newburgh e Johnston, afirmaram em uma publicação que a obesidade seguramente era mais um resultado de uma alimentação rica em termos de caloria, do que propriamente de uma deficiência do metabolismo.

Não é milagre. É tratamento com hCG!

A Dieta do hCG – Veja todas as informações sobre o hCG e como essa Dieta é baseadaNão passa um dia sequer sem que surja no mercado novos gurus em saúde apresentando métodos “milagrosos” para o emagrecimento. E no meio de tanta controvérsia e ceticismo, um livro publicado no ano de 2008 por um entusiasta destes métodos chamou minha atenção; porém, como naquela época eu estava trabalhando com um acúmulo muito grande de informações científicas para algumas publicações, o que li até me parecia interessante, mas ainda não era o suficiente para me convencer.

Veja a diferença entre a Dieta Vegetariana e Dieta Equilibrada

Em tempos aonde a saúde vem sendo amplamente discutida e os cuidados com o bem-estar e alimentação estão em voga, nada melhor do que esclarecer a diferença entre duas dietas que estão fazendo a cabeça dos “saudáveis”: a Dieta Vegetariana e a Dieta Equilibrada.Então, que tal conhecermos um pouco mais sobre cada uma delas? Vamos lá!

Você conhece os fatores que alteram o ritmo do seu metabolismo? Confira!

Estresse e desnutrição: combinação perfeita para a desaceleração do metabolismo. Quanto mais estamos sob estresse, mais o nosso corpo tende a aumentar o ritmo do nosso metabolismo. Ou seja, se você tem um teste importante ou um prazo muito curto para terminar determinado trabalho, seu corpo responde ativando o seu metabolismo.Conforme o metabolismo aumenta, os processos celulares são ativados. A demanda por energia como combustível dessas atividades está aumentada. A necessidade por vitaminas e minerais está alta porque as enzimas que promovem certas atividades corpóreas dependem desses nutrientes. Portanto, vitaminas e minerais estão sendo utilizados de forma acelerada. Se há muito nutriente de depósito e o estresse acaba em pouco tempo, o metabolismo corpóreo dá conta do recado.

Que tal descobrir o segredo das pessoas de meia idade para o emagrecimento?

Então você chegou aos 50 anos! A menos que você se recuse a se sentir incomodado por esse marco e queira viver até os 100 anos (ou mais), você precisa ter ciência de que precisa manter o seu peso em dia, pois é muito comum existir um esforço muito maior neste objetivo e pouco resultado em contrapartida. Mas, se essa relação é inversamente proporcional assim, alguma coisa deve estar faltando; e o que será?Provavelmente você está se esquecendo do equilíbrio hormonal e, há grandes chances que eu esteja certo sobre isso. Então, vamos ver como atingir o sucesso na perda de peso. Está pronto? Vamos lá!

Gordura visceral aumenta o seu risco de demência

Importante saber: os indivíduos com gordura visceral aumentada podem estar potencializando o risco de Doença de Alzheimer. Estudos prévios têm mostrado que esse tipo de obesidade aumenta suas chances de desenvolver demência. Porém, um estudo recente mostra que mesmo que você não esteja acima do peso, mas com gordura no abdômen, terá grandes chances de desenvolver a doença.A gordura abdominal tem sido correlacionada ao alto risco de diabetes, derrame e doença cardíaca. Agora a demência também pode ser adicionada a esta lista.

Desesperado para voltar à boa forma? Então, preste bastante atenção!

Festividades, férias, comidas e mais comidas! Depois de tantos abusos de final de ano, a maioria de nós procura ansiosamente um modo de recuperar a forma.Os conselhos continuam os mesmos: fazer dieta equilibrada e atividade física. Porém, isso é muito vago e a maioria das pessoas não consegue traduzir de forma prática e eficaz.

Por que não é recomendável beber Café depois da prática de Exercícios Físicos?

Quando usado antes do exercício, o café funciona como um bom estímulo, entretanto, ele também é capaz de afetar os seus músculos tanto quanto os exercícios que você pratica. Isso acontece porque o café aumenta a produção de energia pelo seu músculo enquanto inibe o mecanismo que aumenta a sua síntese protéica (inibe a enzima mTOR).Isso quer dizer que, similar ao exercício, na verdade o café inibe o mecanismo que faz o músculo se desenvolver. É preciso ficar claro que os músculos são produzidos após o treino e não durante os exercícios.

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER