Vegetarianismo na berlinda

Razões éticas não constroem corpos saudáveis, muito menos um planeta dos sonhos.Muitos vegans e vegetarianos adotam a dieta por acreditarem ser uma forma de alimentação moralmente superior, mais saudável para eles e para o planeta. Grande engano. O argumento mais comum é a defesa da vida animal, mas não tem sentido. Até para se consumir um hambúrguer de soja paga-se com a vida de certos animais – sem matar as pragas não há hambúrguer! O fator saúde também não corresponde à verdade, pois 75% dos que eliminam a carne de suas vidas desistem da dieta após 9 ou 10 anos por declínio da saúde!

Para o seu bem, não retire a carne vermelha de sua alimentação

Você que é vegetariano, vegan ou ainda está pensando em mudar radicalmente a sua alimentação cortando de vez a carne vermelha do seu cardápio, leia atentamente este artigo. Você verá que retirar a carne vermelha de sua dieta, ao contrário do que pensa, não traz benefício nenhum à sua saúde. E o pior: essa ausência pode causar danos irreversíveis para sua vida.Uma informação importante, e que você deve levar em consideração, é a de que o seu radicalismo (ou opção, como preferir) pode estar colocando a sua vida em risco. Devido ao tipo de alimentação, 70% dos vegetarianos têm altíssimos níveis de homocisteína no sangue e são muito deficientes em vitamina B12, o que pode acarretar uma morte súbita. E há estudos que comprovam isso!

O consumo de ovos pode melhorar a forma como você vê o mundo

Além de nutrientes importantes para o coração, o consumo de ovos traz grandes benefícios para os nossos olhos.Já faz algum tempo que alguma mente brilhante teve a ideia de propagar que o colesterol dos ovos contribui, e muito, para o aparecimento de doenças cardíacas. Desde então, a teoria ganhou adeptos e transformou os ovos em um alimento demonizado pelo público apavorado com gordura. O que essa mente não contava é que ela estaria redondamente enganada.

Se é proteção de verdade o que você quer utilize óleo de coco

Algumas pessoas são paranóicas quando o assunto é tomar sol. Essas pessoas têm um medo absurdo de desenvolver câncer de pele e por isso apelam para fórmulas e receitas mais absurdas ainda e que no final das contas não ajudam em nada e podem piorar, e muito, a situação. Toda essa preocupação deveria ser substituída pela atenção!Eu sempre aconselho aos meus pacientes que ao sair para garantir aquele bronzeado perfeito, não usem protetor solar e que também abram mão dos óculos escuros. Essas “proteções” inibem que o corpo absorva os benefícios trazidos pelos raios solares. Esses raios estimulam o metabolismo, aumentam a temperatura do corpo e promovem a saúde.

Se quer engravidar, fuja da soja!

A soja transgênica prejudica a fertilidade e pode causar má-formação fetal!A soja transgênica prejudica a fertilidade e pode causar má-formação fetal!Inúmeras pesquisas condenam a soja como alimento, por diferentes razões. Agora, um estudo brasileiro sugere que se tenha cautela com a soja transgênica, já que pode estar relacionada à baixa fertilidade. Acredita-se que esse tipo de soja estimule a produção excessiva de estrogênio e lesione a glândula pituitária (hipófise), com prejuízo para a produção adequada de importantes hormônios, como endorfina, prolactina, hormônio do crescimento, ocitocina e outros.

Carne vermelha não eleva colesterol nem causa doenças cardíacas!

O perigo está em carboidratos e alimentos refinados.Você já sabe que diminuir o consumo de carboidratos faz bem. Vive-se mais e melhor. E talvez ainda não saiba que aumentar o consumo de carne vermelha reduz de forma expressiva a ocorrência de problemas cardíacos. Então, que tal combinar menos carboidratos e mais proteína na alimentação? Você só tem a ganhar. Anote aí, de uma vez por todas: proteína animal não aumenta risco de doença cardíaca. Ao contrário: diminui.

Óleo de coco

Reabilitar a gordura saturada natural, como a do óleo de coco, é um salto de qualidade para dias melhores.Por 60 anos as autoridades médicas nos fizeram acreditar que gordura saturada elevava colesterol, causava doenças cardíacas, obesidade e até Alzheimer. Nós, pobres mortais, deixamos de consumi-la esperando dias melhores. Mas essas doenças continuam aumentando. Algo deve estar errado. Até porque, em populações de ilhas do Pacífico, que retiram de 30 a 60% de suas calorias diárias do óleo de coco, rico em gordura saturada, os índices de doença cardiovascular, por exemplo, são ínfimos.

Manteiga

Deliciosa, já teve dias de glória até inventarem as gorduras hidrogenadas, de baixo preço e, por isso mesmo, alto consumo.Não houve contemplação com o consumidor que, vítima de interesses econômicos, engoliu a idéia de que as “novas gorduras” eram mais saudáveis. Não são. Margarina, comparada à manteiga, não dá nem pra largada!

Carne vermelha, o grande segredo dos campeões

O grande segredo dos campeões!Nos últimos 25 anos, milhões de pessoas, inclusive atletas de resistência, foram levados a acreditar que a alimentação ideal deveria ser à base de carboidratos, com pouca gordura e relativamente pouca proteína. Algumas se tornaram vegetarianas, outras passaram a buscar proteínas em alimentos com pouca gordura como clara de ovo, frango, peito de peru e peixes magros. Carne vermelha, jamais! Atletas, em especial, provavelmente se convenceram que consumir um bife era mais perigoso do que usar anabolizante.

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER