Dr. Rondó

Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Carne vermelha, o grande segredo dos campeões

O grande segredo dos campeões!Nos últimos 25 anos, milhões de pessoas, inclusive atletas de resistência, foram levados a acreditar que a alimentação ideal deveria ser à base de carboidratos, com pouca gordura e relativamente pouca proteína. Algumas se tornaram vegetarianas, outras passaram a buscar proteínas em alimentos com pouca gordura como clara de ovo, frango, peito de peru e peixes magros. Carne vermelha, jamais! Atletas, em especial, provavelmente se convenceram que consumir um bife era mais perigoso do que usar anabolizante.

Os homens que se cuidem (garrafa de água)

Sexo, latas, garrafas e mamadeiras sob suspeita.Garrafas de plástico duro e o revestimento de muitas latas de produtos alimentícios estão entre as principais fontes de bisfenol (BPA), substância química nociva à saúde. Até produtos que deveriam estar acima de qualquer suspeita, como mamadeiras, compõem a lista. Em 2009 o Canadá já queria suspender a importação e a venda de mamadeiras contendo BPA. O programa de Toxicologia Nacional chegou a divulgar um relatório onde expressava uma certa preocupação sobre os efeitos potenciais de BPA no cérebro, no comportamento e nas glândulas prostáticas, inclusive de crianças.

Perda de memória, saúde mental independe da idade

Perda de memória não faz parte do processo de envelhecimento.Mesmo pequenos lapsos não devem ser vistos como normais. A causa está em lesões cerebrais do mesmo tipo que ocorrem no mal de Alzheimer. Calma, não se assuste. Isso não significa que haverá uma fatal evolução para demência séria. Menos estresse, alimentação adequada e um bom programa de exercícios físicos podem interromper e até reverter a evolução das lesões.

Porque o aspartame não é o melhor amigo em dieta?

Usados em princípio para perder peso, adoçantes artificiais podem engordar!Estudos apontam: pessoas que consomem refrigerantes adoçados artificialmente ganham mais peso do que as consumidoras de refrigerantes normais. O bom senso sugere que adoçantes realmente não funcionam, pois apesar de muito usados nos últimos 30 anos, a epidemia de obesidade continua a avançar. O aspartame, por exemplo: é mais de 90% fenilalanina e ácido aspártico, que têm alto poder de estimular a produção de insulina e leptina, hormônios que regulam o metabolismo e se relacionam ativamente com a sensação de saciedade e com o depósito de gorduras do organismo. Tomado regularmente, pode tornar você resistente à insulina. Portanto, mesmo sem o açúcar, basta seu corpo obedecer a esses hormônios para você se colocar a caminho da obesidade e do diabetes.

Sarcopenia

A sarcopenia pode ser controlada com exercícios e suplementação protéica.Fala-se muito em osteoporose, mas pouco em sarcopenia. De certa forma, são problemas parecidos. Enquanto a osteoporose se caracteriza pela perda óssea, a sarcopenia se refere à perda de musculatura. Em outras palavras: a osteoporose é para os ossos o que a sarcopenia é para os músculos. Ambas se manifestam em pessoas de mais idade e têm alguns pontos de origem em comum.

Sexo e saúde

Fazer sexo com freqüência é o modo mais natural de cuidar do corpo com alegria e prazer!Muita gente achou graça quando José Gomes Temporão, ministro da Saúde, recomendou sexo contra a hipertensão. Mas o ministro está certo. Homens que fazem sexo pelo menos 2 vezes por semana são 45% menos propensos a ter problemas cardiovasculares quando comparados aos que marcam presença só 1 vez ao mês.

Custo que vale a pena pagar

Uma boa alimentação sempre irá pesar menos no seu bolso do que eventuais tratamentos médicos por descuidos com a saúde.Veja algumas vantagens de ter à mesa produtos de animais criados a céu aberto que se alimentam de maneira natural, longe de confinamentos em galpões apertados, muitas vezes mal iluminados, e de rações empobrecidas ou mal balanceadas.

A intolerância ao glúten pede um diagnóstico

Para o controle da doença ter sucesso, o tratamento deve começar antes dos 20 anos de idade.Nos Estados Unidos, os índices atuais de intolerância ao glúten aumentaram cerca de 4 vezes, comparados a uma avaliação de amostras de sangue de recrutas da Força Aérea Americana feita em 1950. Acredito que ocrescimento se relacione à dieta moderna rica em carboidratos provenientes de grãos e pelo fato de que a proteína de glúten aumentou muito no trigo híbrido, amplamente usado em inúmeros produtos. Como nossa alimentação segue de perto os hábitos americanos, essa intolerância também pode estar crescendo no Brasil.

Qualidade dos Alimentos – Veja como escolher os melhores!

Nem sempre as informações que temos sobre certos alimentos são corretas. Atualize-se e ganhe em saúde!Ovo – A idéia de que ovo causa colesterol já era. Carboidratos, como açúcar e farinha, é que elevam a gordura no sangue. Não despreze esse alimento. A gema é rica em nutrientes, como vitamina E, fosfatidil colina e ácidos graxos essenciais.

Sports drinks

Tudo de bom: energéticos, reidratantes. Mas beba com moderação.Funcionam muito bem durante e após exercícios físicos, repondo líquidos e eletrólitos, como sódio e potássio, eliminados pela urina e a transpiração. E ainda contêm carboidratos, que oferecem energia extra. Em alguns casos, podem ser mais indicados que a água para reidratação, pois aumentam a capacidade de suportar maiores perdas de líquidos. Tudo isso é ótimo, mas não se deve consumi-los como refrigerante ou refresco. Não foram feitos para isso.

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER