Alimentação

Amendoim é fonte de gorduras saudáveis

Quando se fala em amendoim, muita gente pensa em algo que não é lá muito saudável. Associam o amendoim a um tira-gosto, um salgadinho, ou o veem como um recheio para tortas e doces, acompanhado de um caminhão de açúcar… Até quem é um pouco mais informado pode torcer o nariz para o amendoim, afinal de contas, ele tem alta concentração de óleos…

Mas, os cientistas rebatem isso e alegam que nele há gorduras saudáveis que trazem benefícios, como os ale– que também estão presentes, por exemplo,no abacate e óleo de oliva.

Atualmente, tem havido aumento de alergia por amendoim. Nesse caso, fique longe! Porém, se você não tem alergia, veja alguns detalhes sobre esse grão:

Ação:

  • reduz risco de doença cardiovascular;
  • reduz triglicérides;
  • não promove ganho de peso.       

Contém:

  • proteínas benéficas (mesma quantidade da proteína da soja), apesar de muitas pessoas desenvolverem alergias a elas;
  • não contém Ômega 3, o que pode causar distorções na proporção saudável entre ácidos graxos essenciais Ômega 3:Ômega 6;
  • frequentemente contém aflotoxina, um agente cancerígeno;
  • como contém muitos fungos, se usa muito pesticida nas plantações. E todos nós sabemos como os agrotóxicos fazem mal à saúde.
  • abundante em nutrientes como: magnésio, cobre, folato, vitamina E, arginina e fibras.
  • rico em polifenois, especialmente o Resveratrol. Se você não toma vinho, aqui está a saída para uma ótima fonte de Resveratrol!

Qual amendoim consumir? E pasta de amendoim, faz bem?

Como vimos, o consumo de amendoins traz muitos benefícios, mas também alguns problemas. Para evitá-los, a primeira medida é que você sempre procure por amendoins orgânicos, já que os não-orgânicos estão cheios de pesticidas para o combate aos fungos, além de conterem a aflotoxina. Tudo isso também vale para a pasta de amendoim, mas há um detalhe a mais: procure pelo rótulo aquelas que NÃO contenham açúcar! Não se esqueça também de consumir fontes de Ômega 3. Como esse óleo não está presente no amendoim, consumi-lo evita a desproporção entre ácidos graxos da qual falei anteriormente.

Agora que você leu muito mais sobre o amendoim, já sabe que ele é muito mais do que um tira-gosto ou recheio de tortas. E mais: sabe qual a melhor forma e porque consumi-lo. Aproveite!

[divider]  

Referências bibliográficas:

  • Food and Nutrition Research Briefs, July, 1997
  • J Am Diet Assoc, 2005; 105(12): 1939-42.
  • American Family Physician, October 1, 1997;1365-1374.
  • Lipids, 1997;32(7):687-695
  • Public Health Nutr, 2009 Dec 22:1-6
  • NeurochemInt, 2009; 54(2): 111-8.
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)
Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER