Alimentação

Este é o Alimento Envelhecedor visto como “Super Saudável”

Nos últimos anos estamos vivendo um momento de mais consciência de saúde, e as pessoas estão adotando várias tendências de dieta: orgânica, Paleo, vegan, vegetariana… a lista não tem fim.

Os supermercados, os restaurantes e até as cadeias de lojas de comida rápida começaram a oferecer opções mais saudáveis.

Infelizmente, nem todas estas tendências são tão saudáveis quanto parecem, e algumas das opções “saudáveis” apresentadas carregam na verdade, riscos de saúde.

Uma “comida saudável” em particular tem sido associada com o envelhecimento cerebral acelerado, uma perda mais pronunciada de função cognitiva e uma aparência mais velha.

Qual é ela? A proteína de soja – exatamente como aquela encontrada em tofu.

De acordo com um estudo feito pelo Dr. Lon White do Hawaii Center for Health Research, “aqueles que comiam muito tofu, ao chegar aos 75 ou 80, pareciam ter cinco anos a mais de idade. Eles também sofriam de envelhecimento cerebral acelerado e uma perda de função cognitiva”.

Os pacientes estavam tornando-se mais velhos física e mentalmente, como resultado dos alimentos que eles achavam ser bons para eles!

Estudo realizado no Institute of Higher Nervous Activity and Neurophysiology of the Russian Academy of Sciences, teve como objetivo averiguar se a soja transgênica afetaria ou não uma prole de ratos.

Alimentou-se um grupo com soja transgênica, e um grupo controle sem. Quando os ratos deram luz à prole, os bebês cujas mães tiveram soja na dieta eram significantemente menores – com aparência de subnutrição. Posteriormente, dentro de três semanas do parto, 25 dos 45 ratos do grupo de soja transgênica morreram. Em comparação, somente 3 dos 33 do grupo sem soja faleceram.

A estas alturas, já foi demonstrado que a soja (tanto a normal como a transgênica) tem efeitos negativos em estudos em animais e em seres humanos. O risco de parecer mais velho talvez seja o menor das suas preocupações, quando se trata deste lanche “saudável”.

Veja os problemas do consumo da soja:

  1. A imensa maioria da soja cultivada atualmente é transgênica, modificada para conferir resistência ao herbicida tóxico Roundup. Com isso, gera-se um produto agrícola mais barato, mas ele torna-se um grão carregado com este pesticida perigoso.
  2. Está associada a um aumento das alergias, pois essas plantas contêm genes de bactérias que produzem uma proteína que nunca foi parte da alimentação humana. E mesmo quando você deixa de comer esse produto, pode continuar com essa proteína do seu corpo por muito mais tempo.
  3. Compromete a fertilidade por alteração estrogênica e redução de testosterona nos homens.
  4. Contém “antinutrientes”, como saponinas, fitatos, inibidores de protease e oxalatos, que comprometem a absorção nutricional, em especial de proteínas e certos minerais, como, cálcio, magnésio, ferro e zinco.
  5. Contém hemaglutinina, que causa aumento de viscosidade sanguínea e geração de coágulos, comprometendo a oxigenação tecidual e se tornando um risco cardiovascular.
  6. Contém goitrógenos, que interferem na função tireoidiana, pois bloqueiam a síntese hormonal tireoidiana
  7. Rica em fitoestrógenos (isoflavonas genisteína e daidzeína) que simulam o estrógeno humano, mas estão correlacionados. Segundo estudos, essas alterações hormonais podem promover o câncer de mama.
  8. Apresenta níveis tóxicos de alumínio.
  9. Altos níveis de manganês, que se torna tóxico. Chega a ter até 80 vezes mais manganês do que o encontrado no leite materno humano.
  10. Fórmulas infantis de soja fornecem excesso de estrógeno para os bebes, podendo podem prejudicar irreversivelmente o desenvolvimento sexual e a saúde reprodutiva do bebê. Os lactentes alimentados com essas fórmulas podem ter até 20.000 vezes a quantidade de estrogênio em circulação comparado com os bebes alimentados com outras fórmulas!
  11. Apresentam alta concentração de pesticidas, correlacionados segundo os estudos com um aumento de bebês com baixo peso ao nascer.

A soja aparece em lugares inesperados, como nos óleos vegetais e na proteína vegetal. É importante evitar os alimentos industrializados, que frequentemente contêm subprodutos de soja.

Se você realmente quer soja, limite-se aos alimentos tradicionais como os produtos de soja fermentados, como o tofu, misso, molho de soja e tempeh como alternativas saudáveis. E mesmo assim, certifique-se de que não está ingerindo demais destes produtos, pois na cultura asiática esse consumo é sempre em pequena quantidade, diferente do uso no mundo ocidental em que a soja foi transformada em um “alimento milagroso para a saúde”. É só certificar-se de que não esteja comendo demais destes produtos.

E evite leite de soja, queijo de soja, hambúrguer de soja e sorvetes com soja acreditando serem alternativas saudáveis.

Evitar a soja significa que você evitará os efeitos nocivos do envelhecimento que vêm junto dela, bem como outros efeitos colaterais também.

Referências bibliográficas:

  • PAN AP Monograph on Glyphosate
  • Pediatrics January 1998; 101(1)
  • Clinical Pediatrics 2016 Mar;55(3):278-85
  • The Huffington Post. April 20, 2010
  • Food Consumer, September 22, 2010
  • The Lancet July 5, 1997; 350(9070): 23-27
  • The Science of Health Index, Sally Fallon & Mary G. Enig, Ph.D.
  • Endocrinology Practice, 2008 May-June;14(4):415-8
  • Medical News Today May 4, 2012
  • Acta Veterinaria Scandinavica
  • American Journal of Epidemiology, 2009;169(4):489-496
  • Journal of the American College of Nutrition, 2000;19(2):242-255
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER