Saúde

Será que Água Potável pode Causar Diabetes?

Ter diabetes, alguns anos atrás, era raro. Mas essa devastadora doença tem crescido assustadoramente, e parece não ter nenhum sinal de que vai parar. Assim como o número crescente de indivíduos diabéticos, também nossas cinturas só têm crescido,

Todos dizem que estar acima do peso predispõe diabetes, porém eu vou contar para vocês algo que causa diabetes e estamos sujeitos diariamente. Estou falando sobre arsênico, um metal tóxico, encontrado na água, alimento, e diversos outros lugares.

Muitos não compreendem que estão tendo contato com metais tóxicos diariamente. Há evidências de que arsênico é uma das causas de diabetes. Outros metais, como mercúrio e chumbo, também estão presentes nos diabéticos.

Arsênico é conhecido como carcinogênico, associado com câncer de vesícula, pulmão e pele.

Arsênico tem afinidade pelo seu pâncreas

O arsênico agride as células beta do pâncreas, destruindo-as. As fontes principais de contaminação por arsênico são: água potável, arroz e frango.

Evitando a água filtrada

A água é um fator importante na contaminação, advindo de poços ou de reservatórios, cujos lençóis freáticos já estão contaminados. Apesar da água que recebemos em casa já ser controlada para arsênico, mesmo uma dosagem abaixo do aceitável, de modo crônico, pode causar o problema.

Procure usar água de garrafa (de vidro, se possível) ou usar um sistema de osmose reversa para retirar o arsênico.

Cuidados com o arroz

Apesar do arsênico estar presente no solo, nossa cultura de alimentos, incluindo o arroz, são cheios de pesticidas e fertilizantes. Esses contêm diversos químicos, inclusive o arsênico.

Nós temos o conceito que o melhor é consumir o arroz integral, mas como o arsênico se acumula na casca desse tipo de arroz, precisamos rever conceitos do que é mais adequado neste mundo moderno. Temos que deixar de lado ideias que eram os corretas na década de 80. Nossa condição atual nos faz pensar que o mais saudável neste mundo tóxico em que vivemos é dar preferência ao arroz branco, pois, na verdade, o integral apresenta alto grau de arsênico… A que ponto chegamos!

Lavar o arroz antes de usar, cozinhá-lo e colocá-lo em água antes de prepará-lo pode reduzir a quantidade de arsênico no produto final. Cozinhar o arroz em uma panela grande com água fervendo, de modo similar a que se faz com pasta, pode reduzir os níveis de arsênico em mais de 40%. Porém, o modo mais prático é limitar o consumo de arroz semanalmente.

Arsênico no frango

O consumo de frango é uma alta fonte de contaminação de arsênico, pois muitos criadores de frango na América,usam arsênico na ração dos frangos. Isso porque o veneno mata parasitas, estimula o crescimento e deixa a pele do frango rósea, com uma aparência mais apresentável.

Em 2015, o FDA proibiu o uso de arsênico na ração de frangos nos Estados Unidos, felizmente. Que esse modelo seja seguido pelos outros países.

Cheque o seu nível de risco de diabetes dosando arsênico

Caso você esteja preocupado com os seus níveis de arsênico, convém dosá-los na urina, sangue e cabelo. Se os seus níveis são elevados, é adequado que faça um detox deste metal tóxico, removendo-o do seu corpo, pois nós não temos a capacidade natural de eliminá-lo.

Referências bibliográficas:

  • Wall Street Journal June 8, 2011
  • Natural Resources Defense Council, Arsenic in Drinking Water
  • Environmental Health Perspectives 2006:114:1293–1296
  • Intern Journal of Environ Res and Public Health 2011, 8, 861-874
  • Chemical and Engineering News April 9, 2007
  • Environmental Science & Technology 2006, 40 (9), pp 2951–2957
  • Livro Prevenção: A Medicina do Século XXI . Editora Gaia
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER