Atividade Física

A ligação chocante entre o exercício e a doença cardíaca

Choca-me que pessoas que levam vidas preguiçosas e sedentárias, resolvam, de repente, suar em uma academia achando que isso irá subitamente torná-las saudáveis e em forma.

As coisas não funcionam assim! E um novo estudo publicado no British Journal of Sports Medicine comprova exatamente isso. Os pesquisadores descobriram que nenhuma quantidade de exercício pode contrapor os efeitos negativos de ser inativo demais.

Aliás, para cada hora extra que você ficar sentado assistindo à TV, o seu risco de desenvolver a síndrome metabólica aumenta em 26%.  Isso pode parecer básico, mas aqui está o mais surpreendente:

 

Você corre os mesmos riscos de doença cardíaca e diabetes se você se exercita ou não!

Isso acontece porque ser inativo por períodos extensos causa reações químicas no corpo que não podem ser resolvidas indo à academia cinco vezes por semana.

Os pesquisadores concluíram que “no futuro, o foco na prática clínica e as diretrizes devem ser não só promover e prescrever o exercício, mas também encorajar as pessoas a manter seus níveis de atividades diárias intermitentes (que envolvem movimento)”.

Esse é o mesmo conselho que venho dando há décadas.

Conclusão: o importante é manter-se ativo!  Afinal, os músculos funcionam com a mentalidade de “use ou perca”.  Mas você não precisa pagar academias caras para colher os benefícios de alguma atividade saudável.

Você não precisa aumentar a quantidade de exercício considerado estressante, mas diminuir a quantidade de inatividade. Use as escadas ao invés do elevador; estacione mais longe; comece a jogar tênis em duplas ou faça uma aula de dança.

Outra atividade à qual você pode se engajar é o sexo! Se os resultados de um estudo recente no American Journal of Cardiology forem verdadeiros. . .

… fazer sexo duas vezes por semana é praticamente a melhor coisa que você pode fazer para o seu coração.

Os cientistas no New England Research Institute, no Massachusetts, estudaram mil homens com idade entre 40 e 70 anos por um período de 16 anos, como parte do Estudo do Envelhecimento do Homem de Massachusetts.  Depois de perguntar a eles com que frequência faziam sexo, os pesquisadores testaram os sinais de doenças cardíacas.  De fato, os homens que estavam fazendo sexo pelo menos duas vezes por semana eram 45% menos propensos a desenvolver doenças cardíacas do que aqueles que faziam sexo uma vez por mês.

Parece uma vitória, mas há algumas coisas que preciso dizer sobre esse estudo.  A primeira é que o estudo foi baseado em um questionário. E sejamos honestos; quantos homens vão admitir que suas vidas em brasa já viram dias melhores?  Mas, mesmo que você dê a esses homens o benefício da dúvida, é difícil ignorar o fenômeno “o ovo ou a galinha” em um estudo como esse. O sexo regularmente praticado leva a um coração saudável ou as pessoas que tem coração mais saudável praticam sexo mais frequentemente? A minha tendência seria responder sim às duas perguntas.

Claramente, se você não estiver suficientemente saudável para fazer sexo, você não vai poder colher os seus benefícios. Mas, se você for suficientemente saudável para fazer sexo, não há dúvida que os benefícios se estendam além da gratificação imediata. Começa com um coração mais saudável e continua crescendo a partir daí.

Se você precisa de mais razões para fazer sexo regularmente, dê uma olhada nesses benefícios:

 

5 benefícios surpreendentes do sexo

1.  O sexo fortalece o seu sistema imune.  Melhorar a seu performance na cama pode melhorar o seu sistema imune, aumentando os níveis de imunoglobulina A, um anticorpo que ajuda a protegê-lo de resfriados e infecções.

2.  O sexo alivia a dor.  O seu corpo libera o hormônio oxitocina durante o sexo, que tem demonstrado ser um poderoso analgésico.  Você sabe o que isto significa? A próxima vez que a sua mulher usar a desculpa da dor de cabeça para evitar o sexo, diga a ela que você conhece a cura!

3.  O sexo melhora o seu sono.  Se você estiver tendo problemas em adormecer à noite, não tome nenhum medicamento para isso, faça sexo com a esposa.  No final das contas, mais um benefício da oxitocina é que ela promove o sono.

4.  O sexo reduz o seu risco de câncer de próstata.  Os homens que ejaculam pelo menos cinco vezes por semana — com ou sem uma parceira – são menos prováveis de desenvolver o câncer de próstata, de acordo com o National Cancer Institute.

5.  O sexo te ajuda a viver mais tempo.  Um estudo descobriu que os homens que têm orgasmo pelo menos duas vezes por semana são 50% menos prováveis de morrerem do que aqueles que tiveram só um orgasmo por mês.  Isto pode ser porque o sexo aumenta os seus níveis de DHEA, que pode incrementar o seu sistema imune, reparar tecido danificado, melhorar a sua memória e funcionar como um antidepressivo e todos esses fatores podem levar a uma vida mais longa.

 

Referência bibliográfica:

– American Journal of Cardiology January 15, 2010, Volume 105, Issue 2, Pages 192-197

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER