Saúde

A apneia do sono pode estar ligada à perda de memória e ao Alzheimer

Dados indicam que a apneia acelera a doença de Alzheimer por cinco anos

Vamos imaginar aqui uma cena: você vai para a cama, pega no sono e de repente acorda assustado e com falta de ar. Terrível, não? Pois saiba que essa condição é bastante comum em um grande número de pessoas.

Quem tem esse problema certamente já tentou utilizar uma inconfortável máscara de CPAP (sigla para Continuos Positive Airway Pressure). E muitos dos que utilizaram, acabaram rejeitando.

Mas vamos lá. O que acontece é que a apneia do sono está roubando muito mais de você do que o seu precioso sono e te deixando exausto no dia seguinte. Se você não levar o seu tratamento a sério, você poderá ficar sem preciosas memórias e talvez sem a sua independência.

Cientistas da Universidade de Nova Iorque avaliaram o histórico médico  de aproximadamente 2500 idosos e observaram que a apneia do sono pode ter acelerado o declínio cognitivo em cerca de 10 anos. O pior é que indivíduos com apneia do sono podem desenvolver a Doença de Alzheimer cinco anos antes do que os indivíduos sem essa condição.

Pensa comigo: são cinco anos de qualidade de vida; cinco preciosos anos se poder aproveitar o tempo se divertindo ao lado das pessoas que você ama. E tudo isso perdido por conta de um incômodo noturno.

Milhões de pessoas têm apneia. Fato! Isso ocorre quando o tecido posterior da sua garganta entra em colapso, dificultando a passagem de ar para os pulmões e causando uma interrupção da respiração por mais de um minuto, quando então a pessoa acorda e procura pelo ar. Detalhe, isso pode acontecer de 300 a 400 vezes durante a noite.

Apneia do sono é um problema sério correlacionado com problemas cardíacos, derrame e diabetes, além do declínio da sua capacidade de raciocínio.

Diante disso, os pesquisadores acreditam que a perda de memória está correlacioada com a queda repetitiva de aporte de oxigênio na circulação pela parada das respirações. Isso causa um estresse em partes do cérebro necessárias para se ter novas lembranças.

Todos nós sabemos que uma boa noite de sono é o melhor modo de se ter uma boa saúde. O sono ajuda a eliminar as toxinas do cérebro que são acumuladas durante o tempo em que estamos acordados. A falta do sono, então, compromete a nossa habilidade de sermos racionais, resolver problemas e nos lembrarmos de detalhes.

Mas a boa notícia é que se você tratar a apneia do sono isso pode proteger o seu cérebro e estacionar o declínio cognitivo nestas faixas. Isso prova que existem outros modos para o tratamento sem o uso da tal máscara CPAP.

Segundo pesquisadores indianos, tocar um instrumento de sopro ajuda a fortalecer os músculos do posterior da garganta e pode prevenir que a passagem de ar seja obstruída. Existem também outras medidas bem simples, como o uso de tiras adesivas nasais que promovem algum alívio em indivíduos sofredores de apneia. Outra opção é o MAD (Dispositivo de Avanço Mandibular), um aparelho simples, barato. Trata-se de um bocal de plástico que atrai a sua mandíbula para a frente. Para muitos pacientes com apneia do sono ele mantém o fluxo de ar livre.

Em um estudo recente, o aparelho MAD funcionou tão bem quanto o CPAP e os pacientes acabaram optando por ele.

Além disso, há ainda uma cura em potencial para a apneia do sono: a vitamina B1. Ela é muito importante para a parte do cérebro que controla a respiração. Se quer um conselho, use o complexo B e vitamina B1 pelo menos duas vezes ao dia.

Não sofra em silêncio, procure uma solução que funcione melhor para você. E para isso, converse com o seu médico!

[divider]

Referências bibliográficas:

  • Sleep apneia, may speed memory loss, Alzheimer’s ouset. (nbcnews.com)
  • Sleep 2015; 38 (5): 669–675
  • Neurology April 15, 2015
  • Journal of Biological Chemistry June 18, 2012
  • SLEEP 2012; 35(7): 933-940 
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)
Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER