Alimentação

8 Antialimentos que se Acredita serem Saudáveis (Mas Não São)

A principal estratégia para se ter saúde e manter o peso ideal é a dieta. Mas há muitos alimentos chamados saudáveis que, no fim das contas, são PÉSSIMOS. E você precisa ficar esperto no que está comprando!

Não é porque as empresas dizem que os alimentos delas são bons que eles vão ser algo realmente saudável para você!

É importante entender o que realmente é saudável em termos de dieta, além de certamente ficar bem longe dos produtos diet. Achou estranho? É isso mesmo!

Veja alguns itens para que comece a enxergar com outros olhos:

1) Cereais matinais

Carregados de açúcar, carboidratos refinados, pouquíssima fibra e sódio. Ou seja, NÃO serve para você! Cereais infantis são desastres nutricionais, são uma mera fantasia de um alimento saudável.

A análise, publicada no Journal of American Dietetic Association, mostra que os cereais matinais infantis têm mais açúcar, sódio, carboidratos e calorias por grama do que os cereais para adultos.

Esses produtos causam um aumento muito expressivo de insulina, causando sobrepeso, colesterol elevado, pressão arterial elevada e até diabetes.

A prevalência de adolescentes com excesso de peso quase triplicou nas últimas duas décadase as estatísticas atuais mostram que 16% das crianças estão com sobrepeso ou obesas, sendo que o excesso de açúcar e carboidratos são dois culpados que contribuem para este problema crescente.

2) Néctar de agave

Muitas pessoas ouvem quantidades enormes de informações sobre este produto ser saudável, mas não é bem assim. Ele contém cerca de 70 a 90% de frutose. Só para comparar: o açúcar tem 50% de frutose.

Quer mais? A lista não para aí!

Lembre-se, dieta rica em frutose causa o aparecimento de resistência à insulina, promove obesidade, diabetes, doença cardiovascular, câncer de próstata e mama.

Recomendo outra opção, como a stevia. Além dela você pode usar xilitol em pequenas quantidades.

3) Pão de trigo integral

O termo “pão de trigo integral”, de acordo com as crenças típicas, nos dá a sensação de algo saudável, mas ele tem muito pouca diferença do seu concorrente refinado.

Para ser saudável, deve ser um pão de grãos integrais, diferente destes comerciais.

Nesse caso, o pão integral verdadeiro pode conter até 3 vezes mais fibras. Ele é mais denso e relativamente pesado, enquanto que os de baixa qualidade são leves.

4) Granola

As granolas de supermercados são repletas de açúcar e óleos desfavoráveis, que comprometem à sua saúde e sua dieta.

Além disso, podem conter pesticidas e grãos transgênicos

5) Iogurte com baixo teor de gordura

Ironicamente, a imensa maioria dos consumidores de iogurte o faz por razões de saúde e porque acreditam que o iogurte é uma escolha saudável em comparação com outras opções. Mas ele está longe de ser um alimento saudável.

Os produtos sem gorduras deixam em desequilíbrio a alta concentração de carboidratos que resta no iogurte, sem dizer que são pasteurizados, perdendo a imensa maioria dos seus benefícios.

Se você está comendo iogurte para melhorar a sua flora intestinal, há uma grande chance de que haja alta concentração de açúcar no seu conteúdo, o que simplesmente causa o efeito contrário. Além disso, contém conservantes, preservativos e edulcorantes.

6) Molhos de saladas prontos

O erro mais comum que as pessoas fazem com as suas saladas é a escolha do molho.

Mesmo os com baixo teor de gordura são desaconselháveis pela presença de conservantes, adoçantes artificiais e até açúcar, além de frutose, que impulsiona a resistência à insulina e leptina, relacionados a doenças cardiovasculares, diabetes e outras doenças crônicas degenerativas. Ou seja, vão roubar a sua saúde e fazê-lo engordar.

São tipicamente cheios de gordura trans, óleos altamente processados, ômega-6 e cheio de herbicidas tóxicos como o glifosato. Opte por azeite de oliva e vinagre.

7) Sucos de frutas prontos

Ricos em conservantes e frutose, só podem lhe trazer prejuízos nutricionais.

8) O mesmo vale para refrigerantes, alimentos refinados, bolos sem glúten, etc…

Fique de olho e corte tudo isso do seu dia a dia. Assim, além de evitar ganhar peso, você afasta a chance de desenvolver diabetes, doença cardiovascular e outras doenças degenerativas.

Referências bibliográficas:

  • Nutra Ingredients October 26, 2009
  • Eurekalert June 20, 2010
  • The Cornucopia Institute November 19, 2014
  • Environmental Health Perspectives. June 23, 2014
  • Livro Mude a sua vida com os supernutrientes
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER